Vendas de pneus fecham 2020 com baixa de 12,9%

[caption id="attachment_43161" align="aligncenter" width="300"] Tal baixa no acumulado do ano foi observada nas vendas de todos os segmentos, pneus de passeio (-19,2%), comerciais leves (-13%), carga (-1,8%) e moto (-1,2%). (Foto: reprodução)[/caption]

Vendas de pneus fecham 2020 com baixa de 12,9%

Mesmo com as vendas de dezembro sendo 9,5% maiores em comparação ao mesmo mês do ano anterior, setor fecha o 2020 no vermelho

As vendas totais da indústria brasileira de pneus fecharam o ano de 2020 com baixa 12,9% em comparação com o ano anterior. Tal baixa no acumulado do ano foi observada nas vendas de todos os segmentos, pneus de passeio (-19,2%), comerciais leves (-13%), carga (-1,8%) e moto (-1,2%). Nota-se, com isso, que mesmo apresentando sucessivos meses de boas vendas, incluindo um mês de dezembro 9,5% maior em 2020 do que foi em 2019, o setor não conseguiu reverter as perdas dos meses de grande baixa.

Esse comportamento pode ser observado nos segmentos de comerciais leves (27%), carga (25,8%) e motocicleta (20,3%). Os dados fazem parte do levantamento setorial divulgado pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP).

- Em um ano totalmente único, com suspensão de produção por um período determinado e de amplas medidas de prevenção em relação ao covid-19 que ainda permanecem, a indústria de pneumáticos no Brasil respondeu prontamente as necessidades de todos os mercados, inclusive com crescimento no fornecimento do equipamento original - analisa Klaus Curt Müller, presidente executivo da ANIP.

Compartilhe :